Vídeos

Intervenção do deputado João Vasconcelos na audição do Ministro Planeamento e Infraestruturas.

Intervenção do deputado João Vasconcelos na audição do Ministro do Ambiente, no âmbito do debate do OE 2017.

Resoluções Mesa NacionalResoluções Mesa Nacional

assembleia municipal

A apreciação do Orçamento e Grandes Opções do Plano, não só nos deixa perplexos, como também extremamente preocupados.

assembleia municipal

Em Loulé, falta de rigor e realismo nas Opções do Plano e Orçamento para 2012.

O Bloco de Esquerda, na última Assembleia Municipal de Loulé, votou contra as Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2012, apresentados pelo executivo PSD.

CCC Loulé

O Bloco de Esquerda de Loulé promove a sua Assembleia de Aderentes no próximo sábado, em Alte, na Horta das Valinhas.

O Bloco de Esquerda promove um debate aberto, em todo o país, sobre os resultados das legislativas de 5 de junho e as tarefas que se impõem à esquerda portuguesa nestes tempos de crise. A plataforma esquerda.net dá espaço aberto a todas as opiniões livres que contribuem para a afirmação do Bloco de Esquerda e são material de leitura obrigatória. Camaradas e amigos do BE/Loulé têm escrito textos que reforçam esse pensamento crítico e livre, condições necessárias ao reforço da nossa força política no concelho.

A forma desastrosa e autoritária com que a Alemanha geriu a suspeição sobre os mecanismos de propagação da bactéria E. coli, através da produção hortícola dos parceiros europeus, tem hoje custos inaceitáveis para os produtores portugueses e, em particular, para os produtores algarvios de tomate, que estimam deitar para o lixo 400 toneladas de tomate, por incapacidade de vender, doar ou armazenar a produção.

A Comissão Coordenadora Concelhia de Loulé (CCC) reuniu ontem, tendo analisado os resultados eleitorais das legislativas e as perspetivas de trabalho político que se apresentam no concelho.

Dois dias depois das eleições legislativas, em que os acordos com a troika foram o tema mais discutido mas menos conhecido, o Ministério das Finanças finalmente publicou uma sistematização de todas as medidas acordadas com a UE e o FMI. O documento enuncia as 84 medidas, ordenadas pelos prazos estipulados para a sua conclusão. Teixeira dos Santos, ministro das Finanças em funções, disse que o objectivo é facilitar o cumprimento dos prazos definidos pela troika pelo próximo governo chefiado por Pedro Passos Coelho.

Nas eleições legislativas, realizadas neste domingo, o Bloco de Esquerda obteve 288.076 votos – 5,19%, e elegeu 8 deputados, tantos como tinha alcançado em 2005. Em 2009, o Bloco tinha conseguido 557.091 votos, 9,85% e 16 deputados. No Algarve o BE conseguiu 16.414 votos, 8,16% (a melhor votação nacional) e elegeu Cecília Honório.

Opinião

Presentemente, em Olhão, faltam casas para venda ou arrendamento e as poucas que existem atingem preços elevadíssimosComo satisfazer a necessidade de habitação dos jovens e das famílias mais carenciadas? Para resolver este problema tem que haver investimento municipal e vontade política para utilizar os instrumentos e condições disponíveis. É então possível minorar a grave carência de habitações com que atualmente os  olhanenses se vêm confrontados 

O turismo náutico é um tipo de turismo cada vez mais em moda e com tendência à massificação (…). No caso do projeto para Olhão, em que o porto de recreio e a área de navegação se encontram em plena Ria Formosa, colocam-se todos os problemas ambientais e socio-económicos que daí advêm (…): põe em risco o equilíbrio ecológico da área protegida da ria; (…) põe risco recursos de pesca com papel importante na economia local e qualidade de vida das populações; (…) prejudica a relação visual com a ria e a preservação da imagem global de açoteias e mirantes que identifica a cidade cubista; (…) implica a deslocalização de atividades tradicionais, o que irá destruir modos de vida únicos e autênticos que fazem parte de uma apropriação popular das zonas ribeirinhas (…) (VER ARTIGO COMPLETO NO INTERIOR)

Era uma vez dois príncipes que nasceram muito simpáticos para o povo (…). Um tornou-se rei com todo o aparato, pompa e reconhecimento dos donos do império (…), o outro diz que abandonou a corte mas conspira com castelhanos e afins aspirando lá voltar.  (…) Ser ou não ser rei, eis a questão. Mas cuidado que o descontentamento continua e a república espreita - a populaça quer é qualidade de vida para todos no reino de Olhão! (ver desenvolvimento no interior da página)